A Sociedade e a Mulher Selvagem

por | 31 maio 2016 | Sabedoria Feminina

Sempre que ouvia falar no arquétipo da mulher selvagem ficava me perguntando: Afinal qual o seu significado?

Nossa sociedade coloca o selvagem como algo ruim. Algo que precisa ser banido ou no mínimo domesticado (subjulgado, rotulado e enquadrado nos padrões “seguros”) quando na verdade ser selvagem diz respeito a uma profunda conexão com seu verdadeiro eu, com sua natureza instintiva.

Durante muito tempo busquei essa reconexão. Essa reconciliação com o que há de mais feminino em uma mulher, mas, não foi fácil.

Não é fácil ser mulher no século XXI. São tantos rótulos…

As revistas de moda vendendo o estereótipo do corpo perfeito. As revistas de saúde vendendo dietas mirabolantes. Prometendo perder muito peso em pouco tempo e sem esforço. Os programas de televisão vendendo a imagem da mulher medíocre e vulgar porque peito e bunda de fora em horário nobre é o que dá ibope.

Tantas e tantas mulheres num frenesi atrás do homem ideal quando na verdade deveriam estar em busca da mulher ideal. Em busca do resgate de sua autoestima. Da sua verdadeira essência feminina que nada tem a ver com a perfeição vendida pelas mídias. Tem a ver com seu autoconhecimento, amor próprio e respeito por sua pessoa.

Hoje sei que não precisamos de micro saias e macro peitos. Precisamos de amor próprio.

Não precisamos de um príncipe encantado, um homem perfeito. Precisamos de amor próprio.

Não precisamos competir de igual para igual com os homens. Precisamos de amor próprio.

Muito menos competir com outras mulheres. Precisamos apenas de amor próprio.

Se amarmos profundamente quem somos, se nos identificarmos com a centelha divina e conseguirmos perceber a força de nossos antepassados pulsando em nossos corações tudo o mais virá como ressonância ao nosso verdadeiro grito de liberdade.

A libertação de nossos próprios paradigmas.

Jamais nos esqueçamos que é do nosso ventre sagrado que a vida renasce a cada gestação. Todo homem nasceu de uma mulher.

Hoje quando me olho no espelho sei exatamente quem eu sou:

Sou simplesmente uma mulher em paz com seu feminino selvagem.

Sobre a Autora

Sobre a Autora

Estefania Michaelsen

Consultora em Desenvolvimento Humano Integral, alia sua experiência em Astrologia e curas vibracionais ao conhecimento adquirido na graduação em Biologia e Administração, auxiliando pessoas e empresas a realizarem seu pleno potencial através de cursos, oficinas, palestras e vivências. Contato: contato@conscienciadegaia.com.br / (54) 9177-5548